Pular para o conteúdo principal

Seis dicas para escrever uma ótima Redação!

 Uma redação é usada para avaliar a força de seu pensamento crítico e sua capacidade de colocar esse pensamento em uma forma acadêmica escrita. 





Ao ler a redação de um candidato, os marcadores farão a si mesmos perguntas como:


  • Esta redação aborda diretamente o tema definido?
  • Apresenta uma posição forte e apoiada?
  • Usa fontes relevantes de forma adequada?
  • A expressão é clara e o estilo apropriado?
  • A redação está organizada de forma coerente? Existe uma introdução, corpo e conclusão claros?

Você pode usar essas perguntas para refletir sobre sua própria escrita. Aqui estão seis dicas importantes para ajudá-lo a abordar esses critérios.


1. Analise a pergunta

As redações dos candidatos são respostas a perguntas específicas. Como uma redação deve abordar a questão diretamente, seu primeiro passo deve ser analisar a questão. Certifique-se de saber exatamente o que está sendo pedido a você.


Geralmente, as perguntas dissertativas contêm três partes componentes:


  • Termos de conteúdo: conceitos-chave que são específicos para a tarefa
  • Termos limitantes: O escopo em que o tópico se concentra
  • Termos diretivos: O que você precisa fazer em relação ao conteúdo, por exemplo, discutir, analisar, definir, comparar, avaliar.


2. Defina seu argumento

Ao planejar e se preparar para escrever a redação, você deve considerar qual será o seu argumento. Isso significa tomar uma posição ou ponto de vista informado sobre o tópico apresentado na pergunta, depois definir e apresentar um argumento específico.


Considere estas duas declarações de argumento:


"O uso arquitetônico da luz nas catedrais góticas incorporou fisicamente o significado da luz na teologia medieval."

Ou:

"Na catedral gótica de Colônia, a luz serviu para acentuar a autoridade e a centralidade ritual do padre."


Declarações como essas definem o argumento de uma redação. Eles dão coerência ao fornecer um tema abrangente e uma posição para a qual toda a redação é direcionada.


3. Use evidências, raciocínio e erudição

Para convencer seu público de seu argumento, você deve usar evidências e raciocínio, o que envolve referir-se e avaliar estudos relevantes.


  • A evidência fornece informações concretas para apoiar sua reivindicação. Normalmente consiste em exemplos específicos, fatos, citações, estatísticas e ilustrações.
  • O raciocínio conecta a evidência ao seu argumento. Em vez de citar evidências como uma lista de compras, você precisa avaliar as evidências e mostrar como elas apóiam seu argumento.
  • Scholarship é usado para mostrar como seu argumento se relaciona com o que foi escrito sobre o tema (citando trabalhos específicos).


4. Organize uma redação coerente

Uma redação tem três componentes básicos - introdução, corpo e conclusão.


5. Escreva com clareza

Uma redação que faz bons pontos apoiados em evidências só receberá uma nota alta se for escrito com clareza. A clareza é produzida através de cuidadosa revisão e edição, o que pode transformar um bom ensaio em excelente.


Quando você editar sua redação, tente vê-lo com novos olhos – quase como se outra pessoa o tivesse escrito.


Pergunte a você mesmo as seguintes questões:


Estrutura geral

  • Você expôs claramente seu argumento em sua introdução?
  • A estrutura real corresponde ao 'roteiro' apresentado na sua introdução?
  • Você indicou claramente como seus pontos principais apoiam seu argumento?
  • Você sinalizou claramente as transições entre cada um de seus pontos principais para o seu leitor?


Parágrafos

  • Cada parágrafo introduz uma ideia principal?
  • Todas as frases do parágrafo apoiam essa ideia principal?
  • Cada parágrafo apresenta evidências e raciocínios relevantes?
  • Cada parágrafo segue logicamente do anterior?


Frases

  • Cada frase está gramaticalmente completa?
  • A grafia está correta?
  • A ligação entre as frases está clara para seus leitores?
  • Você evitou redundância e repetição?


6. Cite fontes e evidências

Por fim, verifique suas citações para garantir que elas sejam precisas e completas. Algumas provas exigem que você use um estilo de citação específico (por exemplo, APA), enquanto outras podem permitir que você escolha um preferido. Qualquer que seja o estilo que você use, você deve seguir suas diretrizes de forma correta e consistente. 

Comentários

Últimas Notícias

É difícil passar em um concurso do Banco do Brasil?

O concurso do Banco do Brasil é reconhecido como um dos mais concorridos e desejados do país, atraindo milhares de candidatos em busca de estabilidade financeira e oportunidades de carreira no setor bancário. No entanto, há uma pergunta que muitos aspirantes a esse concurso se fazem: é realmente difícil passar em um concurso do Banco do Brasil? Nesta matéria, vamos explorar essa questão e desmistificar alguns mitos em torno desse processo seletivo. ### A Concorrência É inegável que o concurso do Banco do Brasil atrai uma grande quantidade de candidatos, o que aumenta significativamente a concorrência pelas vagas disponíveis. Isso significa que os candidatos precisam se preparar de forma eficiente e competitiva para se destacarem em meio a tantos concorrentes. No entanto, a alta concorrência não deve ser vista como um obstáculo intransponível, mas sim como um estímulo para se preparar melhor e buscar excelência nos estudos. ### Estrutura da Prova Para muitos candidatos, a estrutura da p

Correios Jovem Aprendiz entenda como funciona

Os Correios não apenas desempenham um papel vital na distribuição de correspondências e encomendas em todo o país, mas também têm um compromisso com o desenvolvimento da juventude brasileira por meio do programa Jovem Aprendiz. Nesta matéria, vamos explorar como funciona o Programa Correios Jovem Aprendiz, os benefícios oferecidos e como os jovens podem se candidatar a essa oportunidade de aprendizado e desenvolvimento profissional. ### O que é o Programa Correios Jovem Aprendiz? O Programa Correios Jovem Aprendiz é uma iniciativa voltada para jovens entre 14 e 22 anos de idade que desejam ingressar no mercado de trabalho e adquirir experiência profissional. O programa combina aprendizado teórico em instituições de ensino parceiras com experiência prática nas unidades dos Correios, oferecendo aos jovens a oportunidade de desenvolver habilidades técnicas e comportamentais enquanto concluem seus estudos. ### Como Funciona o Programa? Os participantes do Programa Correios Jovem Aprendiz s

INSS e Trabalhadores Autônomos

**Introdução:** Nos últimos anos, o mercado de trabalho tem testemunhado um aumento significativo no número de trabalhadores autônomos. Esses profissionais, que atuam de forma independente, têm desafios específicos quando se trata de seguridade social e previdência. Nesta matéria, exploraremos o papel do INSS para os trabalhadores autônomos, destacando como eles podem garantir sua aposentadoria e outros benefícios previdenciários. **1. O Contexto dos Trabalhadores Autônomos:** - Breve panorama sobre o crescimento do trabalho autônomo no Brasil. - Desafios enfrentados por trabalhadores autônomos em relação à seguridade social, incluindo a falta de garantias trabalhistas e previdenciárias. **2. Contribuição Previdenciária para Trabalhadores Autônomos:** - Explicação sobre como os trabalhadores autônomos podem contribuir para o INSS. - Informações sobre alíquotas de contribuição e formas de recolhimento. - Destaque para a importância de contribuir regularmente para garantir a proteção pre

Desafios da Busca por Emprego

Buscar emprego pode ser uma jornada desafiadora, repleta de obstáculos que exigem determinação, paciência e estratégia. Nesta matéria, vamos explorar os desafios comuns enfrentados pelos candidatos durante a busca por emprego e fornecer orientações e dicas para superá-los, garantindo uma busca mais eficaz e bem-sucedida. **1. Competição Acirrada:** - Discussão sobre a competição acirrada no mercado de trabalho, destacando a alta demanda por empregos e o grande número de candidatos disputando as mesmas vagas. **2. Falta de Experiência ou Qualificações:** - Abordagem sobre o desafio enfrentado por candidatos com pouca experiência ou qualificações inadequadas, e estratégias para contornar essa limitação, como estágios, cursos de capacitação e voluntariado. **3. Adequação de Habilidades e Experiências:** - Exploração da necessidade de adequar habilidades e experiências do candidato às exigências das vagas de emprego, e sugestões para destacar pontos fortes e relevantes no currículo e duran

Serviço militar conta tempo para o INSS?

Quando o assunto é o cálculo do tempo de contribuição para a aposentadoria no Brasil, uma dúvida comum surge entre os brasileiros: o serviço militar obrigatório conta para o INSS? Para esclarecer essa questão crucial para muitos, vamos explorar os detalhes e entender como esse período pode influenciar sua contagem de tempo para aposentadoria.  O que é o serviço militar obrigatório? O serviço militar obrigatório é uma obrigação constitucional prevista para cidadãos brasileiros do sexo masculino ao completarem 18 anos de idade. Ele pode ser realizado tanto no Exército, quanto na Marinha ou na Aeronáutica, de acordo com a convocação e as necessidades das Forças Armadas.  Contagem de tempo para o INSS 1. Tempo de contribuição:** O tempo de serviço militar obrigatório não é contado diretamente como tempo de contribuição para o INSS. Isso significa que os anos dedicados ao serviço militar não são considerados para efeito de contagem de tempo para aposentadoria no regime geral da Previdência